Você está tendo problemas de queda de cabelo? Conheça o transplante de cabelo, a solução mais clara para a queda de cabelo. Envie-nos uma mensagem para obter informações detalhadas e uma consulta gratuita.

Transtorno de Arrancamento de Cabelos (Tricotilomania)

Puxar os cabelos é reconhecido como um distúrbio psicológico. Esse distúrbio, também conhecido como tricotilomania, ocorre quando uma pessoa arranca os cabelos, as sobrancelhas e os cílios. As pessoas com esse transtorno podem arrancar os cabelos, as sobrancelhas ou os pelos do corpo para expressar o mundo que constroem em sua mente. Os distúrbios de pessoas com essa tendência podem envolver mais do que arrancar os cabelos. A tricotilomania afeta diretamente a vida social e tem um impacto negativo na qualidade de vida. O que é tricotilomania? Aqui está a resposta…

hair pulling 1

O que é o transtorno de puxar o cabelo (tricotilomania)?

O transtorno de puxar os cabelos ou tricotilomania, um tipo de transtorno psiquiátrico, geralmente aparece entre os 4 e os 17 anos de idade. O distúrbio, que pode durar a vida inteira, é explicado pelo fato de a pessoa puxar constantemente os pelos do corpo, principalmente os cabelos, as sobrancelhas e os cílios. De acordo com pesquisas, a tricotilomania afeta entre 0,5% e 2% da população do país. Além das pessoas que procuram ajuda especializada, sabe-se também que as pessoas que sofrem perdas na área, arrancando os cabelos, cílios e sobrancelhas, relutam em procurar atendimento médico. Portanto, estima-se que a taxa seja maior, de 0,5 a 2%.

hair pulling 2

Quais são os diferentes tipos de tricotilomania?

Há vários tipos de transtorno de arrancar cabelos. A tricotilomania é dividida em duas categorias quando a pessoa percebe se está ou não arrancando o próprio cabelo. Esses transtornos são avaliados de acordo com dois tipos diferentes: puxão direcionado e puxão automático.

Puxão de cabelo direcionado: o puxão de cabelo automático pode estar associado a esse tipo de puxão, pois as pessoas geralmente ficam presas em um pensamento específico. Deve-se lembrar que uma emoção, um pensamento ou outro estímulo também pode estar na raiz do hábito de puxar o cabelo. Nas pessoas que deliberadamente arrancam os cabelos, certas emoções e pensamentos, como distração, prazer de arrancar os cabelos, tensão, estresse e relaxamento, são dominantes.

Arrancamento automático de cabelos: o arrancamento automático de cabelos ocorre sem que você perceba. O puxão automático de cabelos é definido como o arrancamento de cabelos no corpo de uma pessoa que está concentrada intensamente no que está assistindo na televisão ou de uma pessoa que está estudando. A pessoa só se dá conta de que arrancou os pelos do corpo quando se olha no espelho.

O que causa a tricotilomania?

As causas do transtorno de puxar os cabelos (tricotilomania) não são exatamente conhecidas. Fatores biológicos e determinados fatores ambientais podem estar na raiz do hábito de puxar os cabelos. Então, o que causa a tricotilomania? Aqui está a resposta:

  • Fatores genéticos: Muitos especialistas apontam os fatores genéticos como uma das causas do transtorno de puxar os cabelos. Também se diz que os fatores genéticos têm efeito sobre a condição, que é classificada como um transtorno obsessivo-compulsivo.
  • Estresse: o estresse resultante de sintomas como ansiedade, superestimulação, frustração, colapso emocional, tensão e conflito pode afetar o desenvolvimento da tricotilomania.
  • Problemas neuroquímicos: quando os níveis de química cerebral de uma pessoa estão diferentes do normal, isso pode desencadear o arrancamento de cabelos.
  • Transtornos psiquiátricos: pessoas que sofrem de transtornos psiquiátricos, como ansiedade e depressão, também podem desenvolver tricotilomania.

FAQ (Perguntas mais frequentes)

A tricotilomania é uma condição na qual a pessoa sente a necessidade de puxar o próprio cabelo. Geralmente é considerada um tipo de transtorno obsessivo-compulsivo. Nessa condição, a pessoa pode ter um forte desejo de arrancar os cabelos quando sente estresse, ansiedade, angústia ou inquietação. A tricotilomania geralmente começa na infância ou na adolescência e pode continuar na idade adulta.

A tricotilomania geralmente é tratada com psicoterapia e tratamento comportamental. A terapia cognitivo-comportamental (TCC) pode ajudar o paciente a entender e mudar seus hábitos de puxar os cabelos. As técnicas de terapia comportamental incentivam a pessoa a reconhecer o comportamento de puxar os cabelos, reconhecer os fatores desencadeantes e desenvolver hábitos mais saudáveis para substituí-los. Além disso, a medicação (antidepressivos, ansiolíticos) pode ser útil para aliviar os sintomas em alguns casos.

Os seguintes métodos podem ser tentados para controlar a tricotilomania:

Aplicar técnicas de controle do estresse (como respiração profunda, meditação, ioga).
Evitar situações desencadeantes ou desenvolver habilidades de enfrentamento.
Reconhecer o hábito de puxar o cabelo e substituí-lo por outras atividades (por exemplo, apertar uma bola antiestresse, esfregar um brinquedo em vez do cabelo).
Participar de grupos de apoio ou fazer terapia pode oferecer apoio emocional e estratégias práticas.
Se necessário, é importante procurar ajuda profissional de um psiquiatra ou psicólogo.

PDF e gravação de áudio

centaury oil 3 resultO Que é o Oleo de Erva de São João?
hair dye allergyAlergia a Corantes Capilares
About the Author: Hair Center
a6c0a16f1e1da0a862e2999e00efbcf9?s=72&d=mm&r=g
08/04/2024Blog, Hair Loss
Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.